Feeds:
Artigos
Comentários

Pensamento da semana

«A esperança é a medicina dos desgraçados, não há mal que não traga um bem.»
(In Onde está a felicidade)


Título Original:
The Croods (EUA / 2013, 98 min)
Realização: Chris Sanders   Kirk DeMicco
Classificação: M/6 anos
Sinopse: Comédia e aventura pré-histórica que acompanha a primeira família do mundo na viagem das suas vidas logo que foi destruída a caverna que os protegia de todos os perigos. Viajando ao longo de espetaculares cenários naturais, os Croods descobrem um incrível mundo novo repleto de criaturas fantásticas que mudarão as suas vidas para sempre.

 

Escrever

«Escrever as coisas como elas se passam no mundo, como nós as vemos por aí! Então é melhor não dar cópias da realidade. O que a gente quer é que o romancista nos pinte a sociedade, a vida e as paixões melhores ou piores, do que são. Regala estar lendo uma cena sem naturalidade, e dizer “isto não é assim; mas, se assim fosse, era mais agradável o mundo”.

Onde está a imaginação do novelista, que repete o que viu, ou leu, ou lhe contaram?! É como dizerem que o teatro deve ser a fotografia da vida! Vão para lá com os seus dramazinhos verdadeiros, e verão que nem os músicos da orquestra lhos aturam. O romance é tal e qual a mesma coisa.

Se nos não maravilha, enfada-nos.»

(In O Romance de um homem rico)

 

Pensamento da semana

«Eu penso que a realidade é de si tão fértil que não preciso pedir de empréstimo à imaginação.»
(In Um homem de brios)

S. Tiago de Antas

«
«Ao terceiro dia da hospedagem em Famalicão, o comendador cavalgou, acompanhou-se do lacaio, e seguiu na direção de S. Tiago d`Antas.
- Vai ver a igreja que fizeram os moiros… – Calculou outro comendador da terra, e assim o comunicou a mais dois comendadores, atribuindo aos moiros a igreja dos cavaleiros de Rodes.
- Há de ser isso – confirmou o mais correto. – Este homem é mágico. O Guimarães do hotel já lhe perguntou se era nascido cá no Minho, e ele respondeu…
- Que não tinha a certeza – concluiu o outro. – Tem grande telha!
- Ontem, na feira, estava ele a ver vender duas juntas de bois para embarque. Quem nas vendia era o Silvestre Ruivo…»
(In Novelas do Minho – O Comendador)

 


Título Original:
The Great Dictator (EUA / 1940, 124 min)
Realização: Charles Chaplin
Classificação: M/12 anos
Sinopse:Sátira à Alemanha nazi, onde Chaplin interpreta um ditador – Adenoid Hynkel – e o seu duplo… um pobre barbeiro judeu, confundido um dia com Hynkel.

 

Pensamento da semana

«A verdade na novela é a minha religião; e aposto eu que muitas religiões são menos verdadeiras que as minhas novelas.»
(In Coisas espantosas)

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.