Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Camilo visto por’ Category

«Admire-lhe primeiro o coração e depois o espírito.»
Soares dos Santos

 

Anúncios

Read Full Post »

«Camilo foi bom – o génio é uma das formas da bondade – bom até onde pôde sê-lo um nevropata; e nessa bondade houve sinceridade, até onde pode mantê-la um romancista.»

Fialho d´Almeida

 

Read Full Post »

«Camilo é dos mais fiéis e corajosos lidadores da milícia literária. Não pede baixa do serviço, nem a aceita, enquanto a mão lhe brandir a pena, e do cérebro lhe brotarem ideias. Este homem não é um literato, é uma literatura. As suas obras reunidas constituem uma biblioteca selectíssima, que representa um longo e seríssimo trabalho, e que é para os estudiosos a mais completa escola da boa linguagem portuguesa.»

 Cândido Figueiredo

 

 

Read Full Post »



«A grande individualidade de Camilo Castelo Branco, à parte toda a exegese crítica da sua obra, será para esse canto do Minho o que foi Herculano para Vale de Lobos, Flaubert para Croisset, Victor Hugo para Jersey ou Guernesey.»
José Augusto Vieira

 

Read Full Post »

“Não sei porque é que havia de preferir Camilo a Eça. Mas arrisco que talvez seja porque o coração e a cabeça me pedem, nas alturas decisivas, o desafio da incerteza e o calor insuportável das paixões, em vez do confortável pirronismo da crítica de luneta.”

António Mega Ferreira, In Expresso, 2 de junho de 1990

Read Full Post »

«Camilo não foi nem um romântico nem um realista, na estrita acepção da palavra, como não foi absolutamente um psicologista e muito menos ainda e estreitamente um psicologista: – foi, como os génios de todos os tempos, um muito complicado temperamento ao serviço ora de uma ideia ora de uma paixão.»

António Gomes leal

 

Read Full Post »

Torrente caudalosa, como o Nilo,
Por onde espalha o génio de portento,
F
ecunda de alegria o pensamento
Vive imortal, e chama-se CAMILO.

 Francisco Gomes de Amorim

 

 

Read Full Post »

Older Posts »