Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Caminhada Camiliana’ Category


Camilo Castelo Branco
e os seus admiradores organizaram mais uma caminhada camiliana, da estação dos caminhos-de-ferro de Famalicão até Seide S. Miguel. Com vários figurantes vestidos à moda do século XIX, tivemos momentos hilariantes, culturais e de agradável convívio.
Depois de iniciada a caminhada paramos na praça D. Maria II, onde nos aguardavam um músico e dois cantadores, proporcionando a Camilo algum incómodo e aos participantes valentes rizadas. Continuando, ainda havia vários km pela frente, em Santiago de Antas fizemos um desvio, até a uma bonita zona arbórea de Requião, aí encontrámos Josefa, mãe de Maria Moisés, desesperada…, uma interpretação da história Maria Moisés da obra “ Novelas do Minho”.
De novo pés a caminho até ao Solar de Pouve, uma bonita construção em cantaria, com torre armada e janelas em cruz. Este solar é mencionado na obra camiliana “O Senhor do Paço de Ninães”. Neste belo local assistimos a uma pequena representação teatral da obra “A Morgadinha de Val-d´Amores entre a flauta e a viola”, apresentada pelo núcleo mais jovem do grupo de teatro amador GRUTACA.
Seguimos até Seide, já no prado do Centro de Estudos Camilianos, de novo cantares ao desafio e para finalizar o sorteio de vários cabazes, oferecidos pela empresa PRIMOR.
Uma manhã de domingo muito bem passada, apesar da constante ameaça de chuva.

Read Full Post »


A noite começou chuvosa, mas estávamos muito ansiosos, pois iríamos descobrir mais histórias do mestre da literatura portuguesa, Camilo castelo Branco.
Munidos de agasalhos e de guarda-chuvas, lá começámos o percurso, saímos de Seide em direção ao cruzeiro de Seide S. Paio, a primeira paragem, com muita chuva e uma pequena encenação de um extracto da obra “A brasileira de Prazins”, muito engraçado, mereceu várias gargalhadas, contudo a esposa do melro estava com uma voz muito esquisita, muito varonil.
De novo pés ao caminho, a chuva abrandou e até já começávamos a sentir um calorzinho, já em Requião, atravessámos uma zona bastante rochosa, passámos ao lado do Convento da Fraternidade Cristo Jovem e seguimos até à Capela de Santa Lúzia, aí aconteceu algo de extraordinário após um exorcismo, a chuva parou, como por milagre e a rapariga libertou-se do espríto.
Próxima paragem, Ninães, e mais uma leitura camiliana, desta vez da obra “O Senhor do Paço de Ninães”, um local muito agradável e com alguns pormenores que saltaram aos olhos, como um passadiço entre casas coberto de flores e cabacinhas e um pequeno caminho de degraus em calçada portuguesa.
Continuamos o percurso de regresso a Seide, e de repente, um assalto, o bando do Zé Telhado, mais uma vez nos cruzamos nestas andanças camilianas.
Já no Centro de Estudos Camilianos, mais uma surpresa, o tradicional caldo verde com tora, uns rojões e bela broa minhota com couve e tudo. Regados com vinho verde da região.
Após os comes e bebes, houve tempo para umas cantigas, cantarolámos, dançámos e depois limpámos.
Um Serão bem passado: passeio, livros e comida. Não há nada melhor!
Bem-haja Sr. Camilo. E todos os seus seguidores.

Read Full Post »

A Casa de Camilo realiza, pela primeira vez, no dia 18 de maio, às 21h30m, um trilho camiliano inspirado nas obras “A brasileira de Prazins” e “O Senhor do Paço de Ninães”. Um percurso pedestre entre Seide, Requião e Ninães, com algumas leituras camilianas pelo caminho. 
A iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, através da Casa de Camilo, com a colaboração da Junta de Freguesia de S. Miguel de Seide; Grutaca – Grupo de Teatro Amador Camiliano; Grucamo – Grupo de Caminheiros de Montanha, Agrupamento de Escuteiros e Café Camiliano.

«Estamos no Minho, o leitor e eu.
Chegamos à «Portela», uma légua andada de Vila Nova de Famalicão, na estrade de Guimarães. Deixada a estrada, entremos numas brenhas de árvores, por atalho tortuoso com o seu dossel de carvalheiras e festões de vides enroscadas nelas. Andou o leitor um quilómetro em vinte minutos, se não parou algumas vezes a respirar o acre saudável das bouças…»
(In O senhor do Paço de Ninães)

Read Full Post »

A Casa de Camilo comemora, no próximo sábado, dia 14 de Maio, às 21 horas, a “Noite dos Museus”, com o percurso pedestre “Trilho da Cangosta do Estevão”, o qual proporciona aos participantes algumas teatralizações de textos de Camilo acompanhadas de agradáveis surpresas. O percurso terminará com uma exibição do Grupo Etnográfico Rusga de Joane, no auditório da Casa de Camilo – Centro de Estudos.
A concentração dos participantes acontecerá no Museu, em S. Miguel de Seide, pelas 21h00,e aconselha-se a utilização de calçado confortável.

«- É o que te digo, rapaz. Deixa lá asnear o povo. Olha se te guardas de alguma sacholada de teu amo, que das almas do outro mundo te livro eu.
O moleiro ia conversando com o pastor pela pedregosa cangosta do Estevão. Apesar das palavras animadoras do veterano, o rapaz, ao passar nos lanços mais escuros do pedregal, ia orando…»
(In Maria Moisés)

Organização:
Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão
Junta de Freguesia de Seide S. Miguel
Casa de Camilo – Museu / Centro de Estudos
Gabinete de Animação Sociocultural da C.M.V.N.F.
Gabinete do Desporto da C.M.V.N.F.
Grutaca – Grupo de Teatro Amador Camiliano
Grucamo – Grupo de Caminheiros de Montanha
CNE Agrupamento 463

Patrocínio:
Porminho – Indústria e Comércio de Carnes, Lda.
Talho Maxi

Read Full Post »

[rockyou id=157846519&w=426&h=320]

FOTOS EM SLIDE

Mais de três centenas de pessoas desafiaram a chuva e participaram, esta quinta-feira, na Caminhada Camiliana, uma iniciativa promovida pela Casa de Camilo e inserida no programa das Festas Antoninas 2010. Com o objectivo de “envolver o grande romancista de Seide nas festas concelhias”, como explicou o vereador da Cultura da autarquia famalicense, Paulo Cunha, a caminhada recorda o trajecto percorrido, tantas vezes, por Camilo Castelo Branco, entre a estação de caminhos-de-ferro, em Vila Nova de Famalicão, e a sua casa, em S. Miguel de Seide, numa extensão de mais de sete quilómetros.

A animação e a boa-disposição marcam inevitavelmente a iniciativa que, de ano para ano, atrai mais famalicenses. Pelo caminho, os participantes são surpreendidos com vários momentos teatrais e cantares ao desafio, que recordam diversas obras camilianas, com destaque, nesta sessão, para a representação do 1.º acto da peça “O Lobisomem” no Solar de Pouve, graças à simpatia dos seus proprietários.

Camilo Castelo Branco e a Ana Plácido não faltaram à caminhada e a acompanhá-los estiveram inúmeras personagens ressuscitadas dos seus livros, como a Marta de Prazins (A brasileira de Prazins), a Maria Moisés (Novelas do Minho), a Mariana e o João da Eira (O Lobisomem), o Cego de Landim (Novelas do Minho), entre muitas outras. Também marcaram presença a charrete que transportava o escritor e o burro, «bacharel de Coimbra», com as respectivas malas e pertences. De resto, de acordo com Paulo Cunha, “o desejo da organização é de que todos os participantes se vistam à época, revivendo a história e mantendo viva a memória de Camilo Castelo Branco, numa lição para as gerações mais novas”.

A chegada à Casa de Camilo foi sorteada pelos presentes dezena e meia de kits “PRIMOR”, oferecidos pela empresa Carnes PRIMOR, de Vila Nova de Famalicão.

Refira-se que a iniciativa é organizada pelo pelouro da cultura da autarquia famalicense e conta com a co-organização da Comissão das Festas Antoninas, da Junta de Freguesia de S. Miguel de Seide, da GRUTACA – Grupo de Teatro Amador Camiliano e do GRUCAMO – Grupo de Caminheiros de Montanha.

Fonte: Município de Vila Nova de Famalicão

Links:

Reportagem LOCALVISÃO

VER Álbum Web Picasa de Jorge Pimentel

Read Full Post »

VER Fotos em SLIDE 

[rockyou id=157334865&w=426&h=320]

No âmbito das Comemorações do Dia Internacional de Monumentos e Sítios, este ano subordinado ao tema “Património Rural – Paisagens Culturais”, realizou-se, ontem de manhã, entre as Freguesias de Landim e Seide, o “Trilho da Cangosta do Estêvão”, uma caminhada camiliana por entre alguns espaços rurais cujas paisagens fisicas e humanas serviram de inspiração e criação literária para Camilo Castelo Branco.
Apesar de o tempo se apresentar chuvoso, cerca de centena e meia de pessoas participaram na iniciativa e assistiram a algumas encenações de textos camilianos relacionados com os locais de passagem. Assim, relembraram-se o Cego de Landim (Novelas do Minho) no Largo da capela de S. Brás, a Marta de Prazins (A brasileira de Prazins) junto à Casa do Pregal, a Maria Moisés (Novelas do Minho) na azenha do Pelhe e Mariana, filha do João da Eira, personagem de O Lobisomem, no largo da Igreja da Matriz de S. Miguel de Seide.   
Os participantes tiveram, ainda, oportunidade de visitar e cumprimentar em sua casa a Senhora D. Maria Castelo Branco, trineta do romancista.
A iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, através da Casa de Camilo, contou com a preciosa colaboração do Gabinete de Animação Sócio-Cultural da autarquia famalicense, da Junta de Freguesia de S. Miguel de Seide, do Grutaca – Grupo de Teatro Amador Camiliano, do Grucamo – Grupo de Caminheiros de Montanha e dos alunos do Projecto Municipal de Actividade Física Sénior.

Read Full Post »


A chuva que se fez sentir nos últimos dias não foi suficiente para esmorecer a centena e meia de pessoas que, no dia 10 de Junho, pelas 09h30, se concentrou junto à Igreja românica de S. Tiago de Antas para participar na 4.ª edição da Caminhada Camiliana.
Associando-se às Festas da Cidade, a Casa de Camilo, em co-organização com o GRUCAMO – Grupo de Caminheiros de Montanha, e em colaboração com a Junta de Freguesia de Seide e a GRUTACA – Grupo de Teatro Amador Camiliano, promoveu um novo percurso pedestre entre as freguesias de S. Tiago de Antas e de S. Miguel de Seide.
Durante o trajecto não faltaram o entusiasmo e a alegria contagiante das pessoas presentes, a dramatização de textos camilianos e cantares ao desafio.
A Caminhada Camiliana contou, mais uma vez, com o Patrocínio das Carnes PRIMOR, que ofereceu três generosos cabazes para serem sorteados pelos participantes no evento.
Ver fotos (SLIDE)

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »