Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Encontros Camilianos’ Category

 


Entre 18 e 22 de Julho, a Universidade do Porto vai promover um curso de Verão dedicado a Camilo Castelo Branco. A iniciativa decorre no âmbito de um protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e a Universidade do Porto, celebrado hoje, dia 14 de Junho, na Casa-Museu de Camilo, em S. Miguel de Seide. O documento foi assinado pelo presidente da autarquia, Armindo Costa, e pela vice-reitora da Universidade, Maria de Lurdes Fernandes.
O curso intitulado “Mistérios de Camilo” é composto por cinco sessões e irá decorrer na Casa de Camilo e na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Os temas abarcam diversas áreas da vida e obra de Camilo e serão apresentados por académicos especializados na obra camiliana, entre os quais a antiga ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima. As sessões teóricas serão complementadas com a exibição de um documentário sobre a vida do escritor, de filmes que recriam algumas das suas obras e com a visita guiada aos lugares camilianos de Braga e Porto.
A participação no curso tem o custo total de 100 euros e inclui as deslocações, material de apoio e refeições.
Para o presidente da Câmara Municipal “a colaboração do município nesta formação irá potenciar novas abordagens multidisciplinares e inovadoras no estudo da obra do escritor”, para além de contribuir para “o reforçar das relações de cooperação com várias instituições científicas e culturais, como é o caso da Universidade do Porto”.

FONTE: Câmara Municipal Vila Nova de Famalicão

 

Read Full Post »

«Em oposição a uma certa rigidez clássica, tão do gosto dos franceses, o século XVIII inglês acentua tendências que poderemos considerar latentes, pelo menos, desde Shakespeare. A conversa de Hamlet com o fantasma do pai no cemitério, onde este lhe revela ter sido vítima de assassínio ou o lance em que Romeu, no túmulo da família Capuleto, pensando Julieta morta, se suicida, podem considerar-se cenas dignas de qualquer romance gótico. O estudo de Maria Leonor Machado de Sousa, A Literatura Negra ou de Terror em Portugal (séculos XVIII e XIX), dá conta da recepção que em Portugal houve dessa voga inglesa que prepara, de certa forma, uma das facetas românticas».

Este artigo da Professora Doutora Maria de Fátima Marinho, Camilo Castelo Branco e a atracção pelo horrível, pode ser lido e descarregado no Repositório Aberto da Universidade do Porto. Porém, se preferir, pode lê-lo clicando apenas no título acima mencionado ou no texto transcrito.

Read Full Post »

Maria Moisés de Camilo Castelo Branco: Enredos do Coração

A fábula novelesca de Maria Moisés, de Camilo Castelo Branco configura uma típica novela sentimental, mas ao contrário do Amor de Perdição singulariza-se por dosear a mundividência romântica com uma atenção a elementos realistas. Digamos, portanto, que se trata de uma novela passional (sobretudo na 1ª Parte), equilibrada por um realismo temperado e tipicamente camiliano. Dividindo a novela em duas partes, Camilo salienta, de modo bem vincado, como veremos, dois percursos existenciais bem diferentes, mas nem por isso menos complementares: primeiro, o narrador camiliano apresenta-nos a história de Josefa da Lage; depois, com a trágica morte desta, narra-nos a vida de sua filha, Maria Moisés.

Vejamos, mais detidamente, os eventos que preenchem cada uma das partes.
(mais…)

Read Full Post »

A edição do Encontro ‘Saber Trás-os-Montes’ de 2008, organizado pelo Grémio Literário Vila-Realense e tendo de novo por tema a figura de Camilo Castelo Branco, decorrerá nos dias 10, 11 e 12 de Outubro (fim-de-semana), no Auditório da Biblioteca Municipal Dr. Júlio Teixeira, em Vila Real.
Estão previstas intervenções de Aníbal Pinto de Castro, Bento da Cruz, Ernesto Rodrigues, Eurico Figueiredo, João Bigotte Chorão e Maria Alzira Seixo.
Estão também previstas acções complementares, como a apresentação do n.º 49 da Revista Tellus, uma visita ao Fojo do Lobo e a lugares camilianos em Ribeira de Pena, e a apresentação de Camilo e Ana Plácido – Episódios ignorados da célebre paixão romântica, de Manuel Tavares Teles (Edições Caixotim), entre outras surpresas.
Será distribuído diverso material bibliográfico e iconográfico.
Inscrições no Grémio Literário Vila-Realense (e-mail: gremio@cm-vilareal.pt; telefone: 259 303 083).

Programa (sujeito a alterações de pormenor)

Dia 10 de Outubro
Sexta-feira
19h00 – Jantar de Abertura (Estalagem Quinta do Paço)
21h30 – Apresentação de Camilo e Ana Plácido – Episódios ignorados da célebre paixão romântica, de Manuel Tavares Teles por João Bigotte Chorão (Edições Caixotim)

Dia 11 de Outubro
Sábado
09h00 – Recepção
09h30 – Sessão de Abertura e apresentação do n.º 49 da Revista Tellus
10h00 – Prof. Doutor Ernesto Rodrigues: A poesia em Camilo
10h45 – Doutor João Bigotte Chorão: Camilo a ocidente e oriente
11h30 – Pausa para café
11h45 – Prof.ª Doutora Maria Alzira Seixo: Memórias do Cárcere – a cadeia das relações
12h30 – Almoço volante no Grémio Literário Vila-Realense
14h30 – Partida para Ribeira de Pena – Visita a locais camilianos seguida de merenda oferecida pela Câmara Municipal de Ribeira de Pena

Dia 12 de Outubro
Domingo
09h00 – Prof. Doutor Aníbal Pinto de Castro: Apresentação do Centro de Estudos Camilianos de Vila Nova de Famalicão
09h45 – Escritor Bento da Cruz: Realidade e fantasia em Camilo Castelo Branco
10h30 – Pausa para café
10h45 – Prof. Doutor Eurico Figueiredo: “Amor de Perdição”: Paradigma do conflito de gerações
11h30 – Partida para o Fojo do Lobo da Samardã
13h00 – Almoço (Restaurante O Forno)

Read Full Post »

« Newer Posts