Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Rádio e Televisão’ Category

O PORTO CANAL emite hoje, dia 26 de maio de 2015, pelas 22h00, mais uma emissão do programa «Caminhos da História» da responsabilidade do historiador Joel Cleto, a qual é dedicada a Camilo Castelo Branco e à sua Casa de São Miguel de Seide.

 

Read Full Post »

A estreia da peça “Amor de perdição” foi um sucesso, pelas reações e comentários manifestados no final da apresentação.
A Antena 1 Rádio esteve presente e transmitiu um direto e no programa da tarde fez uma reportagem mais alargada sobre esta iniciativa da Casa de Camilo.

Ouça aqui.

 

 

Read Full Post »

«Amor em tempo de crise» debate sobre as relações afetivas entre os mais novos e o valor da literatura.

Read Full Post »

A RTP INFORMAÇÃO em reportagem na Casa de Camilo. Museu-Centro de Estudos, a mais visitada do país.


Fonte: RTPInformação

Read Full Post »

A casa foi mandada construir pelo primeiro marido de Ana Plácido, Pinheiro Alves, por volta de 1830, quando regressou do Brasil, na posse de avultada fortuna. Camilo viveu com Ana Plácido nesta casa cerca de 26 anos, do inverno de 1863 até ao suicídio em 1890.
A casa sofreu um incêndio em 17 de Março de 1915, foi reconstruída e transformada em museu camiliano, em 1922.
No final da década de 40, do século passado, a casa foi objecto de profundo restauro, ficando, desde então, muito semelhante à que fora habitada pelo romancista.
Em 1 de Junho de 2005, por ocasião dos 115 anos do falecimento do escritor, foi inaugurado, em terrenos fronteiros à Casa de Camilo um edifício da autoria do arquitecto Álvaro Siza Vieira, que compreende um auditório, salas de leitura e de exposições temporárias, cafetaria, gabinetes de trabalho e reservas.
Está classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1978.

Endereço
Casa de Camilo – Museu / Centro de Estudos
Avenida de S. Miguel, 758
4770-631 S. Miguel de Seide

Organismo Responsável
Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão

Director do Museu
Prof. Dr. Aníbal Pinto de Castro

Contactos
Telefone | 252 327 186 / 252 309 750
Fax | 252 309 759 
Sítio Web | www.camilocastelobranco.org
Blogue | https://casadecamilo.wordpress.com
E-mail | geral@camilocastelobranco.org

Horário de funcionamento
Museu
3.ª a 6.ª, das 10h00 às 17h30 / Sáb. e Dom., das 10h30 às 12h30 – 14h30 às 17h30
Encerra à 2.ª Feiras e Feriados
Centro de Estudos
2.ª a 6.ª, das 10h00 às 17h30 / Sáb. e Dom., das 10h30 às 12h30 – 14h30 às 17h30

Fonte: MAISPORTUGAL.COM

Read Full Post »

(Sala de visitas da Casa de Camilo – Foto de Fernando Guerra)

Estreia no próximo Sábado, dia 23 de Janeiro, às 19h00, na RTP2, o Programa “Casas com História”, produzido pela Mínima Ideia, o qual proporcionará uma visita por 13 residências de personalidades da vida e da cultura portuguesas que, segundo a Direcção de Programas da RTP, merecem ser conhecidas pelo grande público.
Falar-se-á de figuras como Camilo Castelo Branco ou Teixeira de Pascoaes ou José Régio através dos espaços onde viveram e criaram, dos seus objectos, das suas rotinas domésticas. É a memória de escritores, pintores, escultores, políticos, médicos, empresários e mecenas das artes em Portugal fixada naquelas que foram as suas casas, museus muito especiais, lugares de valor patrimonial inestimável que revelam ricos e exclusivos acervos, e que contam histórias que fizeram a história do país.
A ordem de exibição dos documentários é a seguinte:
1 – Casa de Camilo Castelo Branco – 23 de Janeiro
2 –  Casa-Museu Marta Ortigão Sampaio – 30 de Janeiro 
3 – Casa-Museu Egas Moniz – 6 de Fevereiro
4 – Casa-Museu José Régio – 13 de Fevereiro
5 – Casa-Museu Teixeira Lopes – 20 de Fevereiro
6 – Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire  – 27 de Fevereiro
7 – Casa-Museu Guerra Junqueiro – 06 de Março
8– Casa dos Patudos – 13 de Março
9 – Casa-Museu Almeida Moreira – 20 de Março
10 – Casa Teixeira de Pascoaes – 27 de Março
11 – Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves – 03 de Abril
12 – Casa-Museu Fundação Medeiros e Almeida – 10 de Abril
13 – Casa-Estúdio Carlos Relvas – 17 de Abril

(Os documentários serão emitidos aos Sábados, pelas 19h00, na RTP2)

Read Full Post »

A empresa “Mínima Ideia” está a realizar para a RTP uma série de documentários intitulada “Casas com História”, através da qual se pretende dar a conhecer figuras, factos, personalidades e o riquíssimo acervo artístico, arquitectónico e cultural com eles relacionados; divulgar as histórias ligadas a cada um dos lugares seleccionados; fazer a biografia ilustrada das pessoas que neles viveram e deixaram marcas no país, quer através da sua obra, quer da influência desta no seu modus vivendi e nos objectos de inestimável valor artístico e cultural de que se faziam rodear no seu dia-a-dia.
De grande relevância é também o facto de
estas instituições serem hoje espaços vivos e com uma dinâmica própria, promovendo ateliers, preparando exposições temporárias e itinerantes, realizando encontros científicos, colóquios e conferências; lugares de debate e troca de ideias em torno das obras, dos protagonistas da cultura e da história do país; lugares que, para além do seu acervo, pretendem ser marcantes para quem os visita e servir de ex-libris aglutinador e dinamizador do ponto de vista sócio-cultural e artístico.
A produção dos 13 documentários passa pelo recurso à “voz off”, dando informações de diversa ordem orientadas para proporcionar ao espectador visitas intimistas e de afectos. Com as visitas guiadas a estes lugares de memória deseja-se, entre outros objectivos, contar histórias e curiosidades ligadas aos seus patronos e aos bens culturais em exposição, e tentar, sempre que possível, reproduzir o pulsar artístico, político e social dos respectivos tempos históricos.
As casas contempladas nesta série estão relacionadas com a seguintes personalidades:
– Almeida Moreira (Viseu);
– Anastácio Gonçalves (Lisboa);
– António Carneiro (Porto);
– Braancamp Freire (Santarém);
– Camilo Castelo Branco (V. N. de Famalicão);
– Carlos Relvas (Alpiarça e Golegã);
– Egas Moniz (Estarreja);
– Guerra Junqueiro (Porto)
– José Régio (Vila do Conde e Portalegre);
– Marta Ortigão Sampaio (Porto);
– Medeiros e Almeida (Lisboa);
– Teixeira Lopes (Nova de Gaia);
– e Teixeira de Pascoaes (Amarante).
Para a realização do documentário sobre Camilo Castelo Branco e sobre a moradia que é hoje a maior memória viva do drama camiliano, foram efectuadas filmagens na Casa de S. Miguel de Seide nos dias 13 e 14 de Maio.
Prevê-se que a estreia da série aconteça, no terceiro trimestre deste ano, na RTP2.

Read Full Post »

Older Posts »