Feeds:
Artigos
Comentários

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«Aos 55 anos de idade, o comendador Palhares liquidou duas dúzias de contos adquiridos em trinta anos de trabalho no Brasil e regressou a Portugal.»
(In Serões de São Miguel de Seide)

Download do PDF “Segundo Comendador”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=74
Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Pensamento da semana

«A vida é um panorama dos mais finos pincéis do diabo!»
(In carta a Silva Pinto)

Espírito e graça

«O menino é um sarcástico! Se o não visse tão inclinado a rir-se de cousas sérias, contava-lhe uma história triste…

– Se eu gosto muito de histórias tristes…. Verá que me não rio, quando me dizem alguma cousa que me toque o sentimento. A minha família chama-me poeta; os vizinhos chamam-me tolo; não sei bem o que sou; mas o que não sou é insensível… Vê… já não tenho vontade de gracejar… Conte-me agora a história, que eu prometo contar-lhe outra que me fez chorar, porque é uma passagem tão infeliz que, se eu fizesse novelas, escrevia uma.»
(In Cenas contemporâneas)

Pensamento da semana

«Há pontos na casca do globo em que a virtude custa pouco.»
(In Anos de prosa)

«Viveu na sua escrita como vive um monge na sua clausura, sequestrado do século pelo condão fastiento e desdenhoso da sua índole, não lhe permitindo gozar da vida senão o sabor mordente e corrosivo da paixão amorosa, – de todas as paixões humanas a que mais frequentemente leva a apetecer a morte. De sorte que ele poderia adoptar para si o epitáfio de Beyle, compendiando a sua autobiografia na mesma breve epígrafe, resignada a altiva, resumo de todo o destino que teve na terra o seu dolorido coração e o seu grande espírito:

Escrevi, amei, vivi

Ramalho Ortigão

Pensamento da semana

«A vida íntima é cheia de passagens ridículas…»
(In Maria Moisés)

S. João da Foz


«No dia seguinte, bela manhã de agosto, foi o bacharel Mateus a S. João da Foz.»
(In Cenas inocentes da comédia humana)

Pensamento da semana

«Aquele que foi levantado pela virtude não pode ser abatido pela fortuna.»
(In Vingança)

15 de agosto

«A 15 de agosto de 1534, estes sete companheiros, em uma capela subterrânea da igreja de Montmartre, em dia festivo da Assunção da Virgem, fizeram voto de castidade, de pobreza perpétua, e de se juntarem, no espaço dum ano, em Jerusalém…»
(In Horas de paz)

Pensamento da semana

«A vergonha é mil vezes mais pungente que o remorso.»
(In Coisas espantosas)