Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Agulha em palheiro’

«É falso o amor que leva o homem à indignidade»
(In Agulha em palheiro)

Read Full Post »

«Uma certa ignorância é o supremo bem deste mundo, pelas muitas e boas horas de lerda pachorra em que a alma se embala no regaço dela.»
(In Agulha em palheiro)

 

Read Full Post »

O desembargador desvelara-se medianamente na educação literária das filhas. Era ele homem de poucas letras, e muito dado aos ócios de certa ignorância, que é o supremo bem deste mundo, pelas muitas boas horas de lerda pachorra em que a alma se embala nos braços dela.
Briteiros sabia de jurisprudência o necessário para convencer-se do pouquíssimo que necessitava saber um magistrado palaciano, benquisto para as alçadas, e braço de ferro inflexível para hastear patíbulos.
(In Agulha em palheiro)

Read Full Post »

«Na felicidade deve ser tão doce recordar os gozos como as lágrimas…»
(In Agulha em palheiro)

Read Full Post »