Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Amar’

«Viveu na sua escrita como vive um monge na sua clausura, sequestrado do século pelo condão fastiento e desdenhoso da sua índole, não lhe permitindo gozar da vida senão o sabor mordente e corrosivo da paixão amorosa, – de todas as paixões humanas a que mais frequentemente leva a apetecer a morte. De sorte que ele poderia adoptar para si o epitáfio de Beyle, compendiando a sua autobiografia na mesma breve epígrafe, resignada a altiva, resumo de todo o destino que teve na terra o seu dolorido coração e o seu grande espírito:

Escrevi, amei, vivi

Ramalho Ortigão

Read Full Post »

«Quando não se crê, é que mais se ama.»
(In Memórias de Guilherme do Amaral)

Read Full Post »

«O destino ordenara que nos amássemos.»

(In Quatro horas inocentes)

Read Full Post »

«Esses, do mundo que sondem

Os mil segredos daqui…

Não sabem, não, que delícias

Deus reserva aos desgraçados,

Se lhes dá ermos e prados

A vicejar e florir,

A noite e o luar, e a fonte,

Selva escura e horizonte

Que ensina a amar e sentir.»

(In Um livro)

Read Full Post »

«Ângela, já suposta herdeira do general Noronha, era amada em dobro: formosa e rica. Amavam-na, pediam-na uns morgados que ela nunca tinha vista nem conhecido o nome. As solicitações por escrito ao misantropo velho não recebiam resposta.»

(In Os brilhantes do Brasileiro)

 

 

Read Full Post »

«O que eu quero é amar livremente. Achei a felicidade. Acabaram-se as minhas pendências com o mundo.»

(In O retrato de Ricardina)

Read Full Post »

«Homem que ligado a uma mulher pensa na felicidade que outra pode dar-lhe não ama a mulher com quem vive.»
(In O Esqueleto)

Read Full Post »

«A política é boa distração para quem não ama.»
(In O retrato de Ricardina)

Read Full Post »

«Amar é sentir de dentro para fora; apaixonar-se é sentir de fora para dentro».
(In Um homem de brios)

Read Full Post »

“O homem que ama é um tolo sublime.”
(In memórias do Cárcere)

Read Full Post »

Older Posts »