Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘As três irmãs’

«O amor do homem laborioso é de todos o mais durável e folgado nas horas do descanso.»
(In As três irmãs)

Read Full Post »


«Conseguiu Jerónima licença para passar a quarta festa da Páscoa com a sua família. A menina mais velha acompanhou-a ao Porto, e o padre-capelão também. O fim ostensivo do teólogo era acompanhar a morgada com as devidas homenagens; mas a oculta ideia era sondar o pulso da revolução, em fermento, que, segundo ele, devia espatifar o altar e o trono.»
(In As três irmãs)

 

Read Full Post »

«As mulheres são as mais implacáveis inimigas das mulheres…»
(In As três irmãs)

 

Read Full Post »

«Onde a vergonha morre, nascem os expedientes desonrosos.»
(In As Três irmãs)

Read Full Post »

«O jogo é a mais cega e despótica das paixões.»
(In As Três irmãs)

Read Full Post »

«Quando acontece persuadir-se a mulher que o casamento estabelece igualdade de direitos, é inevitável a desordem na vida.»
(In As três irmãs)

Read Full Post »

«A rosa da profunda amizade não se colhe sem ferir a mão em muitos espinhos da contradição. No abnegar é que está o vencer de muitas resistências invencíveis ao império da vontade.»
(In As três irmãs)

Read Full Post »

Older Posts »