Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘cabeça’

«Quando o coração pode mais do que a cabeça, meu amiguinho, faz-se muita soma de asneira.»
(In Memórias do Cárcere)

Anúncios

Read Full Post »

«O homem atual tem o coração na cabeça, e a cabeça no aprumo esticado do coleirinho.»
(In Memórias do Cárcere)

Read Full Post »

«A dignidade, quando a paixão lhe sai do rosto, agacha-se, e deixa-se sovar aos pés, se é que a paixão pode ter pés, não tendo cabeça.»
(In cousas espantosas)

Read Full Post »

Basílio foi o primogénito e único. Nascera muito gordo e extraordinariamente volumoso. Tinha a cabeça igual ao restante corpo, e uns pés dignos pedestais do capitel da irregular coluna. Enquanto ao tamanho da cabeça, foi este o motivo para muitas alegrias na casa; no parecer daquela mãe ditosa, a grandeza da cabeça era sinal de juízo, e o tamanho das orelhas correlativas sinal de bom coração. O pai, como não tinha ideias suas acerca de orelhas, abundava nas de sua mulher, posto que de via certa soubesse que um mau vizinho da porta dissera que o seu Basílio era aleijado, e sairia com orelhas de burro, se se demorasse mais de três meses no ventre materno.
… José Fernandes, como o filho tivesse oito anos bem espigados, comprou-lhe um A B C, e foi levá-lo à escola. Era a cabeça de Basílio, no dizer do mestre, muito mais dura, e tapada, e maior que a bola de pedra da torre dos Clérigos. Ao cabo de três meses, Basílio já conhecia um o e um i; mas, se tirassem o ponto ao i, chamava-lhe o. O mestre seguia o sistema da pancadaria, sistema o mais racional de todos com cabeças daquele feitio.
(In As aventuras de Basílio Fernandes Enxertado)

Read Full Post »

« Newer Posts