Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Casa de Camilo’

 

Convidado: Richard Zimler
Os romances de Richard Zimler estão traduzidos em 23 línguas e têm constado nas listagens de best-sellers em doze países diferentes, incluindo, os Estados Unidos da América, o Reino Unido, Austrália, Brasil, Itália e Portugal. Quatro dos seus romances exploram as vidas de diferentes ramos e gerações de uma família Luso-Judaica: O Último Cabalista de Lisboa; Meia-Noite ou o Princípio do Mundo; Goa ou o Guardião da Aurora e A Sétima Porta. O Evangelho Segundo Lázaro é o seu mais recente romance. Zimler vive em Portugal desde 1990 e tem nacionalidade Portuguesa e Americana.

Filme a exibir: Central do Brasil

 

Realizador: Walter Salles
Género: Drama
Classificação: M/12
Origem: Brasil
Ano: 1998
Dur.: 113 min.
Sinopse: Dora (Fernanda Montenegro) trabalha escrevendo cartas para analfabetos na estação Central do Brasil, no centro da cidade do Rio de Janeiro. Ainda que a escrivã não envie todas as cartas que escreve – as cartas que considera inúteis ou fantasiosas demais -, ela decide ajudar um menino (Vinícius de Oliveira), após sua mãe ser atropelada, a tentar encontrar o pai que nunca conheceu, no interior do Nordeste.

 

Read Full Post »

«Ao contrário de outros escritores, sabe-se porém quando e onde nasceu – a 16 de março de 1825, em Lisboa, na Rua da Rosa, ao Bairro Alto, em casa que existe ainda, assinalada com uma lápide. Não falta quem se espante com o facto de Camilo ser lisboeta, ele que parece um homem do Norte, cenário da sua vida – Vilarinho da Samardã, Friúme, Vila Real, Porto, Viana do Castelo, Famalicão, S. Miguel de Seide – e cenário preferencial da sua ficção. Toda uma geografia literária se pode traçar tendo Camilo por guia.»

(In O Essencial sobre Camilo, de João Bigotte Chorão)

 

Read Full Post »

Read Full Post »

Convidado:
António Mota (Baião, Ovil, Vilarelho, 16 de Julho de 1957) é um escritor português, reconhecido autor de literatura para crianças e jovens.

Nasceu a 16 de Julho de 1957. Foi professor do Ensino Básico em beja em lisboa. Em 1979 escreveu o seu primeiro livro, A Aldeia das Flores. Alguns dos seus livros estão publicados no Brasil e traduzidos para espanhol, galego e sérvio.

Recebeu vários prémios, dos quais se destacam o Prémio da Associação Portuguesa de Escritores (1983) para “O Rapaz de Louredo”, o Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens (1990) para “Pedro Alecrim”, o Prémio António Botto (1996) para “A Casa das Bengalas”, o Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens (2006, categoria Livro Ilustrado) para ´´Se eu fosse muito magrinho“.

A 6 de Junho de 2008 foi feito Oficial da Ordem da Instrução Pública.

Em 2010, foi nomeado para os Prémios de Autor da SPA/RTP na categoria Literatura Infanto-Juvenil com “Pinguim” (Gailivro, ilustrações de Alberto Faria).

Foi nomeado como candidato português ao prémio literário sueco Alma em 2013 e 2014.

Filme a exibir:

 

A 25.ª hora
Realizador: Henri Verneuil
Género: Drama / Guerra
Classificação: M/16
Origem: França, Itália, Iugoslávia
Ano: 1967
Dur.: 130 min.
Sinopse: Segunda Guerra Mundial, Johann Moritz (Anthony Quinn) um simples camponês romeno e Suzana (Virna Lisi), sua linda esposa são envolvidos num emaranhado de situações, que não conseguem entender. O chefe de polícia deseja sua mulher e sob a falsa alegação de ser ele judeu, é enviado a um campo de concentração. Entre as incoerências da era nazista, tem início sua terrível saga. Porém em uma avaliação pelos nazistas de seu biotipo, Johann é considerado um “exemplar-modelo da raça Ariana”. Em sua busca para conseguir de volta sua esposa e sua família e sem entender as verdadeiras razões do conflito, ele luta contra os dois lados da guerra.

 

 

 

Read Full Post »

2015-07-17-10-31-54

2015-07-17-10-46-23 2015-07-17-10-58-28

Peça adaptada da obra “Amor de Perdição”, de Camilo Castelo Branco, tendo como suporte a gravação do teatro radiofónico produzido pela Emissora Nacional, em 1953, e a manipulação de figuras em recorte de papel.

Uma colaboração da Rádio e Televisão de Portugal, encenada pela Companhia de Teatro Mandrágora e apresentada ao público pela equipa do Serviço Educativo da Casa de Camilo.

 

 

Read Full Post »


A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

Para cada sessão é sugerida a leitura prévia de um texto de Camilo, o qual é cedido gratuitamente pela Casa de Camilo, desde que solicitado para o endereço eletrónico geral@camilocastelobarnco.org

Read Full Post »


Convidado:
António Antunes publicou os seus primeiros cartoons no diário lisboeta “República”, em Março de 1974. No final do mesmo ano, ingressou no semanário “Expresso” onde continua a publicar as suas obras. Dos prémios recebidos destacam-se: Grande Prémio do XX International Salon of Cartoons (Montreal, Canadá, 1983), 1º Prémio de Cartoon Editorial do XXIII International Salon of Cartoons (Montreal, Canadá, 1986), Grande Prémio de Honra do XV Festival du Dessin Humoristique (Anglet, França, 1993), Award of Excellence – Best Newspaper Design, SND – Estocolmo, Suécia (1995) Premio Internazionale Satira Politica (ex-æquo, Forte dei Marmi, Itália, 2002), Grande Prémio Stuart Carvalhais (Lisboa, Portugal, 2005) e o Prix Presse Internationale (Saint-Just-le-Martel, França, 2010). Realizou exposições individuais em Portugal, França, Espanha, Brasil, Alemanha, China e Luxemburgo. Foi júri de salões de desenho humorístico em Portugal, Brasil e Grécia, Sérvia, Turquia e Itália. António dedica-se também ao design gráfico, à escultura, à medalhística e é o autor da animação plástica da Estação de Metro – Aeroporto, (2012) em Lisboa, constituída por caricaturas de personalidades de relevo da cidade, realizadas em pedra encastrada.

Presidiu ao júri da nona edição do World Press Cartoon, salão de que é director desde a sua fundação em 2005.

 

Filme a exibir:

 

A Festa de Babette
Realizador: Gabriel Axel
Género: Drama
Classificação: M/18
Origem: Dinamarca
Ano: 1987
Dur.: 130 min.

Sinopse: Na desolada costa da Dinamarca vivem Martina e Philippa, as belas filhas de um devoto clérigo que prega a salvação através da auto-abstinência. As duas raparigas sacrificam a paixão da juventude pela fé e dever, e mesmo muitos anos após a morte do pai, elas continuam a manter vivos os seus austeros ensinamentos entre a gente daquela aldeia. Mas com a chegada de Babette, uma misteriosa refugiada da Guerra Civil na França, a vida das irmãs e do pequeno povoado começa a mudar. Rapidamente, Babette convence-as a experimentar algo extraordinário – uma refeição à francesa, um verdadeiro “gourmet”! A sua festa escandaliza os mais idosos habitantes locais. Mas, afinal quem é esta desconhecida e talentosa Babette, que aterroriza esta gente piedosa com a perspetiva de perder a alma por gostarem tanto de um prazer terreno?

 

Read Full Post »

Older Posts »