Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Casa de Camilo’

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«Aos 55 anos de idade, o comendador Palhares liquidou duas dúzias de contos adquiridos em trinta anos de trabalho no Brasil e regressou a Portugal.»
(In Serões de São Miguel de Seide)

Download do PDF “Segundo Comendador”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=74
Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

Bruno Vieira Amaral recebe Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco na próxima segunda-feira, em Seide.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, e o presidente da Associação Portuguesa de Escritores (APE), José Manuel Mendes, entregam na próxima segunda-feira, 26 de julho, pelas 17h00, no Centro de Estudos Camilianos, em Seide, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco ao escritor Bruno Vieira Amaral pela obra “Uma ida ao Motel e outras histórias”.

O galardão literário, com um prémio pecuniário de 7.500 euros é organizado pela APE em parceria com a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. Nesta edição teve como júri os professores, investigadores e escritores Annabela Rita, António Carlos Cortez e Cândido Martins, que decidiram unanimemente o nome do vencedor.

“Considerando as candidaturas a concurso, o volume de trinta contos de Bruno Vieira Amaral destaca-se da restante produção recebida por este júri, na medida em que congrega uma apurada técnica narrativa com uma imaginação de universos de linguagem e de personagens que, saídos do real quotidiano e urbano, moldam uma visão do mundo que é a um tempo realista e irónica, e não raro, trágica…”, lê-se na ata do júri sobre o livro publicado pela Quetzal.

O Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco, instituído em 1991, pela APE, patrocinado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, destina-se a galardoar anualmente uma obra em língua portuguesa de um autor português ou de país africano de expressão portuguesa, publicada em livro, em primeira edição, no decurso do ano anterior à atribuição (neste caso, 2020).

Nascido em 1978, Bruno Vieira Amaral, formado em História Moderna e Contemporânea pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, é escritor, crítico literário, tradutor, e autor do blogue “Circo da Lama”.

Colaborou no Diário de Notícias Jovem, revista Atlântico, jornal i e no Observador, e atualmente é editor-adjunto da Revista Ler, cronista do Expresso e da revista GQ.

O seu primeiro romance, “As Primeiras Coisas”, publicado em 2013, foi considerado livro do ano para a Revista Time Out (ano em que o autor recebeu o Prémio Novos por se destacar na literatura), e foi distinguido com o Prémio PEN CLUBE Narrativa, Prémio Literário Fernando Namora e Prémio Literário José Saramago 2015, segundo a nota biográfica divulgada pela APE.

Em 2017, publicou o seu segundo romance, “Hoje Estarás Comigo no Paraíso”, que nesse mesmo ano foi distinguido com o Prémio Tábula Rasa para melhor obra de ficção e que, em 2018, arrecadou o 2.º lugar do prémio Oceanos, antigo prémio PT de Literatura.

Bruno Vieira Amaral publicou ainda o “Guia Para 50 Personagens da Ficção Portuguesa” (pela editora Guerra e Paz, 2013), “Aleluia!” (FFMS, 2015), um livro de não-ficção sobre minorias religiosas em Portugal, “Manobras de Guerrilha” (Quetzal, 2018), coletânea de textos dispersos, e “Uma Viagem pelo Barreiro” (CMB, 2018). Prepara atualmente uma biografia do escritor José Cardoso Pires, que deverá sair no final de 2019.

Nas 29 edições do galardão foram distinguidos os escritores Mário de Carvalho, Teresa Veiga, Maria Isabel Barreno, Maria Velho da Costa, Maria Judite de Carvalho, Miguel Miranda, Luísa Costa Gomes, José Jorge Letria, José Eduardo Agualusa, José Viale Moutinho, António Mega Ferreira, Teolinda Gersão, Urbano Tavares Rodrigues, Manuel Jorge Marmelo, Paulo Kellerman, Gonçalo M. Tavares, Ondjaki, Afonso Cruz, A.M. Pires Cabral, Eduardo Palaio, Hélia Correia, Ana Margarida de Carvalho, Francisco Duarte Mangas e Bruno Vieira Amaral.

Vila Nova de Famalicão, 22 de julho de 2021

Read Full Post »

Passeio por um caminho público, por entre a natureza e o rio Pele, desde a freguesia de Seide S. Miguel a Landim, que dá a conhecer uma época e faz reviver a história do séc. XIX. A caminhada é acompanhada por um elemento dos serviços educativos que fará intervenções, ao longo da caminhada.

Objetivos

Dar a conhecer um caminho percorrido pelos passos de Camilo nas suas deslocações a Landim e de como se deslocavam as pessoas, no século XIX.

Dar a conhecer alguns aspectos sociais da época histórica em que viveu o escritor Camilo Castelo Branco.

Dar vida às personagens da ficção camiliana.

Duração

2 horas

Outras informações

Caminhada condicionada ao bom tempo.

Aconselha-se o uso de sapatilhas e chapéu.

Obrigatório o uso de máscara.

Concentração no largo da Casa de Camilo.

Inscrições:

Casa de Camilo. Museu. Centro de Estudos

Avenida de S. Miguel, 758 | 4770-631 S. Miguel de Seide

Telefone | 252 309 750

E-mail geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

No Verão de 2021, a Casa de Camilo volta a abrir as portas aos seus públicos mais jovens.

Apresentamos uma proposta de 4 atividades, disponíveis mediante marcação, para grupos entre os 6 e os 20 participantes, às terças-feiras do mês de julho (dias 6, 13, 20 e 27), entre as 10:00 e as 12:30 e as 14:00 e as 16:30.

Todas as atividades são gratuitas e com marcação obrigatória, devendo ser efetuadas para geral@camilocastelobranco.org

ReImaginar o “Amor de Perdição”

Oficina de artes plásticas (banda desenhada)

Huumm… já pensaram em como nascem as estórias? Como terá nascido a história do “Amor de Perdição”? Quem a escreveu? E como chega ela até nós? através dos livros? do teatro? do cinema? E será que podemos nós também contar a nossa história do “Amor de Perdição”?

Duração: 1h30

Público-alvo: crianças do 3.º e 4.º ano de escolaridade

A casa vai comigo!

Oficina de artes plásticas (modelagem)

Vamos visitar o espaço exterior da Casa de Camilo e observar as cores, as plantas, as janelas…

No interior do Centro de Estudos, relembrar alguns aspetos da Casa.

E mãos ao trabalho, brincar com barro, moldá-lo… Um bocadinho de magia, e eis a “Casa”.

Depois é só decorá-la e “A Casa vai comigo!”

Duração: 1h30

Público-alvo: crianças do pré-escolar, 1.º e 2.º ano de escolaridade

Conheces Camilo?

Peddy-paper

Se formos suficientemente curiosos e observadores iremos desvendar um conjunto surpreendente de mistérios sobre Camilo Castelo Branco no centro de São Miguel de Seide.

Mas, para chegarmos às revelações que pretendemos, talvez precisemos de uma boa dose de inspiração camiliana e até de examinar algumas pistas deixadas pelo próprio romancista… Duração: 1h30

Público-alvo: crianças do 3.º ao 6.º ano de escolaridade.

A jogar é que a gente se entende!

Jogos lúdicos

É bem verdade que o jogar não tem idade!

Jogos dos dias de hoje misturam-se com jogos adaptados de outras épocas e preenchem o nosso tempo de convívio com muito riso e boa disposição.  

Duração: 1h30

Público-alvo: crianças do 1.º e 2.º Ciclo do Ensino Básico

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«- Este Miguel de Barros, – disse eu a António Joaquim – se não tivesse meninos, havia de conversar agradavelmente na cultura da abóbora e do feijão frade…
– Cala-te aí, selvagem! – atalhou o meu amigo. – Se tu soubesses que as criancinhas foram os arcanjos deste homem!…
– Então é coisa de história o amor do teu amigo aos meninos?»
(In Amor paternal, Vinte horas de liteira)

Download do PDF “Amor paternal”

http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=72

Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«O morgado de Pinhatel era homem de quarenta anos, vicioso dissipador, e escalavrado pela libertinagem. Balbina tinha dezasseis anos, costumes irrepreensíveis, muita saúde, e muita alegria. Parece que a natureza os desligava; mas o demónio…»
(In Tramoias desta vida, Noites de Lamego)

Para cada sessão é sugerida a leitura prévia de um texto de Camilo, o qual é cedido gratuitamente pela Casa de Camilo, desde que solicitado para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Formador: João Paulo Braga
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

Programa

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«António Salter julgou-se tão prosperamente apadrinhado, que andava arrependido de pedir coisa tão pequena! A gente que o protegia, se quisesse, podia fazê-lo desembargador duma assentada, e aposentá-lo logo com o ordenado por inteiro!»
(In Mil por um)

Download do PDF “Mil por um”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=70
Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral @camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«- Então, rapaz, isto é modo de vida?!
Escusavas de ir a Coimbra gastar seis mil cruzados e mais uns pozinhos para aprender a dormir!… Abre esses olhos, Mateus!»
(In À urna, Cenas inocentes da comédia humana)

Download do PDF “À urna”, in Cenas inocentes da comédia humana
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=69
Formador: João Paulo Braga
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral @camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

 

«Quis imaginar as agonias dum homem, que, aos vinte e seis anos, cai na sepultura, depois de erguer-se ao ponto culminante da vida e esperança…»
(In Vinte dias de agonia, Doze casamentos felizes)

Download do PDF ” In Vinte dias de agonia, Doze casamentos felizes”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=68

Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral @camilocastelobranco.org

Read Full Post »

Older Posts »