Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘coração’

«As lágrimas represadas são a peçonha mortal do coração.»
(In Quatro horas inocentes)

Read Full Post »


«A mulher pode tudo, com um pé sobre a dignidade, e outro sobre o coração.»
(In Memórias de Guilherme do Amaral)

Read Full Post »

«Coração toda a gente o tem; mas cabeça … isso é raro…»
(In A Infanta capelista)

Read Full Post »

«Viveu na sua escrita como vive um monge na sua clausura, sequestrado do século pelo condão fastiento e desdenhoso da sua índole, não lhe permitindo gozar da vida senão o sabor mordente e corrosivo da paixão amorosa, – de todas as paixões humanas a que mais frequentemente leva a apetecer a morte. De sorte que ele poderia adoptar para si o epitáfio de Beyle, compendiando a sua autobiografia na mesma breve epígrafe, resignada a altiva, resumo de todo o destino que teve na terra o seu dolorido coração e o seu grande espírito:

Escrevi, amei, vivi

Ramalho Ortigão

Read Full Post »

«Não há corações gastos quando a comoção é nobre.»
(In Mistérios de Lisboa)

Read Full Post »

«Mulheres que matem corações generosos há muitas para cada homem. Mulher que salve há uma só.»
(In Anos de prosa)

Read Full Post »

«Como é belo o pecado quando o coração o não confessa.»
(In Cenas inocentes da comédia humana)

Read Full Post »

«Como é belo o pecado quando o coração o não confessa.»
(In A mulher da Azinhaga)

Read Full Post »

«…eu não sei se o estudo envelhece o coração: figura-se-me que sim. A alma não; que essa é imortal…»
(In Os Brilhantes do Brasileiro)

Read Full Post »



«Em janeiro de 1846, conheci em Coimbra um rapaz, que estudava Humanidades. Contava vinte dous anos, e queixava-se do torpor de metade da sua vida. Pedia que lhe vissem na palidez da face a dobra da mortalha, que lhe envolvia lá dentro do peito o coração já morto.»
(In Leiam)

Read Full Post »

Older Posts »