Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘diabo’

«No Porto celebram-se de tal maneira as festanças ruidosas pelo natalício do mansíssimo Jesus, que parece, naqueles estrondos de raiva e de algazarra, estar-se comemorando com dissonâncias de réprobos, não o nascimento de Jesus, mas sim o nascimento do Diabo. Ó Cristo civilizador! Envia um raio sereno e luminoso da tua graça àqueles garotos, visto que a polícia não se importa.»
(In Ecos Humorísticos do Minho)

 

Read Full Post »

«- O Vinho do Porto é o Diabo! – disse o alferes com uma grande experiência dessas façanhas incruentas. – É o Diabo!»
(In A Brasileira de Prazins)

 

Read Full Post »


“- Olha, se eu dava a minha filha a esse Herodes!
Credo! Que vá casar com o diabo que o leve,
Deus me perdoe!

(In A viúva do enforcado)

 

Read Full Post »

«Paixões… que as leve o diabo e mais quem com elas engorda.»
(In Amor de perdição)

Read Full Post »

«A vida é um panorama dos mais finos pincéis do diabo»
(In Carta a Silva Pinto)

 

Read Full Post »