Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Férias’

“Se eu sou como filho desta casa, e não tenho outra família, para onde hei-de eu vir a não ser para aqui? Já nas férias do Natal cá me tem para a consoada; depois torno nas férias de Páscoa, e as férias grandes, três meses, cá os venho passar. Já vê, prima – disse ele, a sorrir – que, por mais que façam, não se podem ver livres do seu eterno hóspede.”
(In Serões de São Miguel de Seide)

Read Full Post »

Este verão fiz um cruzeiro no mediterrâneo oriental na empresa Costa Crociere (a maior empresa de cruzeiros da Europa). O barco, por acaso o mais recente da frota (construído em 2007) e entre os muitos serviços que oferecia aos hóspedes, tinha uma biblioteca. Obviamente uma biblioteca multilíngue com livros de vários países, sobretudo daqueles que tendo maiores recursos realizam este tipo de férias. A primazia ia para a Itália (país de bandeira do navio) e para a Alemanha, mas também disponibilizava livros em Língua Portuguesa. A secção portuguesa era composta por cerca de cinquenta volumes, com autores desde Lobo Antunes, Saramago, Paulo Coelho, Jorge Amado, autores contemporâneos e com uma forte máquina publicitária. Entre os clássicos, para meu gáudio, encontrei dois títulos de CAMILO CASTELO BRANCO: “A Viúva do Enforcado ” e “Doze Casamentos Felizes”, o que representa 4% das obras à disposição dos passageiros. Este facto não deixa de ser demonstrativo da força e do valor da escrita do nosso maior romântico. Mormente por ser um escritor “nortenho” longe da macrocefalia lisboeta, dum Portugal interior e rural do século XIX. Mesmo assim foi seleccionado destacadamente para representar o que de melhor há na nossa literatura. Penso, ser este mais um forte motivo de regozijo e motivação para o Centro de Estudos Camilianos, continuar a levar a cabo o meticuloso e meritório trabalho de divulgação e promoção deste fantástico escritor que tem ainda devotos leitores em todos os extractos da sociedade Portuguesa.
Bem Hajam.
Rui Domingues

Read Full Post »