Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Junta de Freguesia de S. Miguel de Seide’

[rockyou id=157846519&w=426&h=320]

FOTOS EM SLIDE

Mais de três centenas de pessoas desafiaram a chuva e participaram, esta quinta-feira, na Caminhada Camiliana, uma iniciativa promovida pela Casa de Camilo e inserida no programa das Festas Antoninas 2010. Com o objectivo de “envolver o grande romancista de Seide nas festas concelhias”, como explicou o vereador da Cultura da autarquia famalicense, Paulo Cunha, a caminhada recorda o trajecto percorrido, tantas vezes, por Camilo Castelo Branco, entre a estação de caminhos-de-ferro, em Vila Nova de Famalicão, e a sua casa, em S. Miguel de Seide, numa extensão de mais de sete quilómetros.

A animação e a boa-disposição marcam inevitavelmente a iniciativa que, de ano para ano, atrai mais famalicenses. Pelo caminho, os participantes são surpreendidos com vários momentos teatrais e cantares ao desafio, que recordam diversas obras camilianas, com destaque, nesta sessão, para a representação do 1.º acto da peça “O Lobisomem” no Solar de Pouve, graças à simpatia dos seus proprietários.

Camilo Castelo Branco e a Ana Plácido não faltaram à caminhada e a acompanhá-los estiveram inúmeras personagens ressuscitadas dos seus livros, como a Marta de Prazins (A brasileira de Prazins), a Maria Moisés (Novelas do Minho), a Mariana e o João da Eira (O Lobisomem), o Cego de Landim (Novelas do Minho), entre muitas outras. Também marcaram presença a charrete que transportava o escritor e o burro, «bacharel de Coimbra», com as respectivas malas e pertences. De resto, de acordo com Paulo Cunha, “o desejo da organização é de que todos os participantes se vistam à época, revivendo a história e mantendo viva a memória de Camilo Castelo Branco, numa lição para as gerações mais novas”.

A chegada à Casa de Camilo foi sorteada pelos presentes dezena e meia de kits “PRIMOR”, oferecidos pela empresa Carnes PRIMOR, de Vila Nova de Famalicão.

Refira-se que a iniciativa é organizada pelo pelouro da cultura da autarquia famalicense e conta com a co-organização da Comissão das Festas Antoninas, da Junta de Freguesia de S. Miguel de Seide, da GRUTACA – Grupo de Teatro Amador Camiliano e do GRUCAMO – Grupo de Caminheiros de Montanha.

Fonte: Município de Vila Nova de Famalicão

Links:

Reportagem LOCALVISÃO

VER Álbum Web Picasa de Jorge Pimentel

Anúncios

Read Full Post »

VER Fotos em SLIDE 

[rockyou id=157334865&w=426&h=320]

No âmbito das Comemorações do Dia Internacional de Monumentos e Sítios, este ano subordinado ao tema “Património Rural – Paisagens Culturais”, realizou-se, ontem de manhã, entre as Freguesias de Landim e Seide, o “Trilho da Cangosta do Estêvão”, uma caminhada camiliana por entre alguns espaços rurais cujas paisagens fisicas e humanas serviram de inspiração e criação literária para Camilo Castelo Branco.
Apesar de o tempo se apresentar chuvoso, cerca de centena e meia de pessoas participaram na iniciativa e assistiram a algumas encenações de textos camilianos relacionados com os locais de passagem. Assim, relembraram-se o Cego de Landim (Novelas do Minho) no Largo da capela de S. Brás, a Marta de Prazins (A brasileira de Prazins) junto à Casa do Pregal, a Maria Moisés (Novelas do Minho) na azenha do Pelhe e Mariana, filha do João da Eira, personagem de O Lobisomem, no largo da Igreja da Matriz de S. Miguel de Seide.   
Os participantes tiveram, ainda, oportunidade de visitar e cumprimentar em sua casa a Senhora D. Maria Castelo Branco, trineta do romancista.
A iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, através da Casa de Camilo, contou com a preciosa colaboração do Gabinete de Animação Sócio-Cultural da autarquia famalicense, da Junta de Freguesia de S. Miguel de Seide, do Grutaca – Grupo de Teatro Amador Camiliano, do Grucamo – Grupo de Caminheiros de Montanha e dos alunos do Projecto Municipal de Actividade Física Sénior.

Read Full Post »