Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Noites de Insónia’


Poderá solicitar o texto, que é cedido gratuitamente pela Casa de Camilo, para o endereço eletrónico
geral@camilocastelobarnco.org

 

Read Full Post »


A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

Para cada sessão é sugerida a leitura prévia de um texto de Camilo, o qual é cedido gratuitamente pela Casa de Camilo, desde que solicitado para o endereço eletrónico geral@camilocastelobarnco.org

Read Full Post »

«Eu sou um homem que conto a minha vida quando não posso, por ignorância, contar a vida alheia»
(In Noites de insónia)

Read Full Post »

«A dignidade sem sempre manda procurar o agressor, antes às vezes exige que se evite»
(In Noites de insónia)

 

Read Full Post »

«Verdadeiramente, a gente não sabe se os doidos são os que veem cousas estranhas, se somos nós que não vemos senão trivialidades.»
(In Noites de insónia)

 

Read Full Post »


«-Não os faças ricos: obriga-os a procurar a virtude pelo caminho da pobreza… Meu filho, o anjo do infortúnio faz muito menos vítimas que o demónio do ouro.»

Read Full Post »

A Comunidade de Leitores da Casa de Camilo pretende ser um grupo de pessoas que partilharão informação sobre a vida e a obra de Camilo Castelo Branco, podendo assim alargar os seus conhecimentos.

«Marcos Freire Pamplona tinha vinte e sete anos. Era o dono do melhor palácio e mais antigos apelidos da fidalguia portuense…
…Marcos não era casado.
A mãe de seu filho não lhe chamava esposo, e assim mesmo cuidava que a sua união com ele estava santificada e abençoada pelo anjo de Deus e de ambos…»
(In A doida do Candal)

Read Full Post »

Older Posts »