Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Noites de Insónia’

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«Os tesouros do príncipe turco
– Não tens uma história de feitiços que me contes? – disse eu ao meu amigo.
– De feitiços não me lembra história nenhuma: porém no género mágico, posso contar-te o que sucedeu a meu tio João Manuel com o livro de S. Cipriano. Tu sabes que nunca houve Cipriano nenhum que escrevesse tal livro…»
(In Vinte horas de liteira)

Download do PDF “Os tesouros do príncipe turco”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=89
Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

«Infâmia e boa consciência não se encontram juntas.»
(In Noites de insónia)

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«No princípio do mundo (não iremos mais longe por enquanto) extraiu Deus a fêmea do entrecosto do homem. Aurora do paraíso! Então era a costela do homem que dava a mulher; hoje em dia, há homens com todas as costelas partidas por que desejaram uma ou duas mulheres!»
(In A espada de Alexandre)

Download do PDF “A espada de Alexandre”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=88
Formador: João Paulo Braga
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«-Vais agora ouvir a mirífica história de um ermitão.
Dei um ósculo na fronte escampada de António Joaquim, e exclamei:
– És um anjo e uma glória nacional! Eu cogito, há muitos anos, em dar aos meus leitores a história de um ermitão. Não vinguei ainda o intento…»
(In O Ermitão, Vinte horas de liteira)

Download do PDF “O Ermitão”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=87
Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«Não entendeste o coração da pobre Teresa!… Tu só entendes o amor ao boi, desfeito em bifes ou almôndegas!»
(In Os amores de Teresa, Vinte horas de liteira)
Download do PDF “Os amores de Teresa”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=86
Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«-Conta-me agora uma história sem dinheiro – pedi eu ao meu amigo.
-Queres então uma história sentimental?
-Isso.
– História de sentimento aldeão? Eu não posso contar de outras. Bem sabes que da vida das cidades nada sei.»
(In História das janelas fechadas há trinta anos)

Download do PDF “História das janelas fechadas há trinta anos”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=85
Formador: João Paulo Braga
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«O que é o Porto?»
(In Revista do Porto/Palheiro)
Download do PDF “Revista do Porto/Palheiro”
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=83
Formador: João Paulo Braga
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«Benditos e louvados sejam aqueles padres, arcebispos e priores! Se eles fossem castos ou infecundos, não teríamos Braganças, e gemeríamos ainda hoje cativos de Espanha.»
(In A Casa de Bragança ab ovo, Noites de insónia)

Download do PDF ” A casa de Bragança ab ovo”, de Camilo Castelo Branco
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=80
Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«Mulher a valer. Era o ideal de um morgado de Cabeceiras de Basto, que vestisse o seu ideal com os músculos e feitios da mulher menos corpulenta que a fêmea do elefante.»
(In A menina perdida, Noites de insónia)

Download do PDF “A menina perdida”, de Camilo Castelo Branco
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=79
Formador: João Paulo Braga
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral@camilocastelobranco.org

Read Full Post »

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

«Se uma dama de má língua nos belisca, deve-mos imaginar que ela nos faz cócegas; e, em vez de lhe trincarmos os dedos que nos estorcegaram a pele, corre-nos o dever de imitar quem sofre as cócegas – rir e pernear; mas a mim, às vezes, sucedia-me, quando fazia cócegas a alguém, levar o meu sopapo involuntário. É o que pode acontecer a quem faz cócegas disfarçadas em beliscões.»
(In A Senhora Rattazzi)

Download do PDF “A Senhora Rattazzi”, de Camilo Castelo Branco
http://www.camilocastelobranco.org/doc.php?co=78
Formador: Sérgio Guimarães de Sousa
A sessão realizar-se-á na plataforma Zoom
Inscrição para o endereço eletrónico: geral @camilocastelobranco.org

Read Full Post »

Older Posts »