Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘talento’


«Camilo, na sua imensa galeria de produções literárias, deixou bem assinaladas, para os contemporâneos e para os vindouros, as feições do seu talento…
Cada um dos seus romances principais, estudados de per si, e sem a menor referência a outros igualmente importantes, reúne os dotes variados e opulentos da sua individualidade.»

Ricardo Guimarães, Visconde de Benalcanfor

 

Read Full Post »

«Os talentos superiores sabem tudo menos a arte de não serem ridículos.»
(In Serões de São Miguel de Seide)

Read Full Post »

 

«… Mas abordemos o colosso, o Jeová da literatura portuguesa – Camilo Castelo Branco. Quem quisesse escrever o elogio condigno deste portento de ter, pelo menos, tanto talento como ele.
Não sei que receio me faz estremecer a pena quando vou escrever acerca do Mestre, do homem incomparável que ocupa lugar de honra na esplêndida galeria dos imortais.»

Trindade Coelho

 

 

Read Full Post »

«Em pleno reinado de Castilho surgem dois escritores justamente ilustres, ligados pela semelhança das aptidões, pela comunidade da glória e pelos laços de amizade. Dos dois, Camilo é o mais vigoroso e o menos equilibrado…Nas suas mãos o romance aberra da sua função específica e transforma-se na elegia e na sátira. E é na elegia e na sátira que ele triunfa. Ninguém tem mais do que ele o dom do choro e da hilaridade contagiosa, a capacidade das evocações burlescas ou trágicas, o talento de carpir e insultar.»

Moniz Barreto

 

 

Read Full Post »

«As comparações são a desgraça do talento.»
(In Narcóticos)

 

Read Full Post »

«Ninguém mais que ele teve o dom do choro e da hilaridade contagiosa, a capacidade das evoluções burlescas ou trágicas, o talento de carpir ou insultar.»
Moniz Barreto

Read Full Post »

«O talento não é sabedoria. Sabedoria é o trabalho incessante do espírito sobre a ciência. O talento é a vibração convulsiva do espírito, a originalidade inventiva e rebelde à autoridade, a viagem extrativa pelas regiões incógnitas da ideia.»
(In Cenas contemporâneas)

Read Full Post »