Feeds:
Artigos
Comentários

Pensamento da semana

«O amor é, além de tudo que está dito, uma cousa que falta dizer: é um telescópio.»
(In A Bruxa de Monte Córdova)

Anúncios

A iniciativa tem como objetivos principais fomentar o gosto pela leitura dos textos de Camilo Castelo Branco e proporcionar a partilha de abordagens e de interpretações da prosa do romancista de São Miguel de Seide.

Para cada sessão é sugerida a leitura prévia de um texto de Camilo, o qual é cedido gratuitamente pela Casa de Camilo, desde que solicitado para o endereço eletrónico geral@camilocastelobranco.org.

Texto: “O Senhor Ministro“

Formador: Sérgio Guimarães de Sousa

Local: Casa de Camilo – Museu (S. Miguel de Seide, Vila Nova de Famalicão)

Horário: Das 21h30 às 23h00

Público-alvo: maiores de 16 anos (número máximo de 30 participantes por sessão)

Pensamento da semana

«Porque o pobre há-de ser sempre o pobre com os seus vermes no manto esfarrapado, e o rico há-de ser sempre o rico com os seus vermes no coração.»
(In Dispersos de Camilo)

Espírito e graça

«- Que ouviste dizer de mim?…
– Franqueza! Tu não te ofendes, nem eu sei se é louvor, se ofensa a censura: ouvi dizer que fazias dez livros originais de uma ideia sem originalidade nenhuma. Isto é verdade?
– Parece-me que sim… Eu tenho calculado que a Providência me concedeu dez ideias: foi pródiga comigo.»

(In O Sangue)

 

Pensamento da semana

«Cada terra com seu uso. Tudo que é desacostumado causa reparos e juízos temerários.»
(In Mistérios de Fafe)

 


Convidado:

Eduardo Rêgo

Com uma educação de base acentuadamente humanista (11 anos de seminário), Eduardo Rêgo abandonou os estudos de teologia, praticamente no final do curso.

Ingressou na Rádio Renascença em 1978, tendo sido o primeiro realizador daquela casa, Ex aequo com dois colegas de profissão.

Nos últimos 30 anos (RTP + SIC) tem dedicado muito do seu tempo à sensibilização ambiental, aprofundando conhecimentos e assinando a versão portuguesa (tradução, legendagem, revisão científica e locução) de milhares de documentários da natureza. Do elenco de maravilhas naturais a que deu voz salientam-se O PLANETA TERRA e HOME – O mundo é a nossa casa.

O estilo inconfundível de comunicar granjeou-lhe o reconhecimento do público e da comunicação social, tendo sido eleito, por várias vezes, A VOZ DO ANO.

A identificação com a temática da sustentabilidade desencadeou uma grande procura do seu testemunho por parte das universidades portuguesas e outras instituições, levando-o a assumir, como tema preferencial das intervenções que faz, o binómio Literacia – Comunicação.

Ao fitar o mapa do mundo, reparou que, por mais organizações que existam, empenhadas na defesa do ambiente e na promoção da sustentabilidade, nenhuma, até hoje, se apresentou suficientemente despojada e disponível para envolver tudo e todos com a força de um abraço.

Foi esse desassossego de alma que despertou nele a ideia de um projeto fortemente agregador, capaz de criar laços entre os múltiplos agentes que dão o melhor de si pelo equilíbrio do planeta.

E surgiu o… LOVING THE PLANET – GAL (Global Association for Life) de cuja direção é presidente.

Filme a exibir:

HOME – O mundo é a nossa casa
Realizador: Yann Arthus-Bertrand
Narrador: Eduardo Rêgo
Género: Documentário
RClassificação: M/12
Origem: França
Ano: 2009
Dur.: 95 min.
Sinopse: Em 200 mil anos na Terra, a Humanidade tem perturbado o equilíbrio do planeta, estabelecido por quase 4 biliões de anos de evolução. O preço a pagar é alto, mas é tarde demais para ser pessimista: a Humanidade tem apenas 10 anos para inverter esta tendência e tornar-se consciente da extensão total da destruição da Terra e alterar os seus modelos de consumo. Yann Arthus-Bertrand, o realizador, traz-nos imagens aéreas únicas de mais de 50 países para partilhando esperanças e receios num filme que lança a primeira pedra do edifício que, todos juntos, teremos de reconstruir.

Pensamento da semana

«A mocidade ou não lê nada, ou lê livros moderníssimos e detesta os clássicos, porque estes os ensinam a escrever corretamente.»
(In Correspondência)