Feeds:
Artigos
Comentários

Escrever

«Escrever as coisas como elas se passam no mundo, como nós as vemos por aí! Então é melhor não dar cópias da realidade. O que a gente quer é que o romancista nos pinte a sociedade, a vida e as paixões melhores ou piores do que são.»
(In O Romance dum homem rico)

Pensamento da semana

«A salvação está no chorar e perdoar: eu chorei e perdoei. Vim a descobrir que o sentimento do amor traído é pouco; o da vaidade ofendida é que é muito: ora a vaidade é brasa ardente que as lágrimas apagam.»
(In O Santo da montanha)

Vila Real

«Vila Real, 18 de Agosto – Ontem pelas dez horas da manhã andava passeando junto à porta do governador civil o pacífico cidadão Camilo Castelo Branco, em companhia de Luís de Bessa Correia, que deixou de ser administrador desta vila haverá seis dias, por não aturar o despotismo deste miserável governador civil, José Cabral.»

(In O Nacional, de 21-8-1847)

 

Pensamento da semana

«As maroteiras são como os tremoços: quem come um come um cento. Se você fez a primeira, é regularmente lógico que faça dez a fio.»
(In A Queda dum anjo)

«Camilo foi, de facto, não só o último romântico, mas também o derradeiro representante desse nacionalismo das letras, que, dentro dos recursos da língua portuguesa, se ocupou da vida portuguesa, criando tipos radicalmente portugueses.»

Luís de Magalhães

 

Pensamento da semana

«Os talentos superiores sabem tudo menos a arte de não serem ridículos.»
(In Serões de São Miguel de Seide)

Espírito e graça

Melancolia

«A melancolia, sem flatulência nem perturbações estomacais, a que tanto ataca os inteligentes como os idiotas, era esse o meu fito.»
(In Coração, cabeça e estômago)

 

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 31 outros seguidores