Feeds:
Artigos
Comentários

Amor de Perdição


Exposição na Galeria da Casa de Camilo, Amor de Perdição, reprodução das ilustrações para a edição argentina da obra.

Pensamento da semana

«De lagoa infecta sai às vezes uma borboleta de asas pintadas de ouro e esmeraldas.»
(In Doze casamentos felizes)

Dia 1 de março, domingo, às 17 horas, projeto AMARCULTURA, de Calendário, apresenta Cenas curtas: “Forcados” e “Um tribunal em Pantanas”, no auditório da Casa de Camilo.


Entrada livre.

 


Convidado: Rui Rio
Foi Presidente da Junta Metropolitana do Porto de 2005 a 2013, tendo, também neste caso, sido o Presidente que, durante mais tempo ocupou o lugar desde a criação da Área Metropolitana do Porto.
Atualmente, é membro independente e não executivo do Comité de Investimentos do Fundo de Capital de Risco “Millennium Fundo de Capitalização FCR”; Vice-presidente da Mesa da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas; Presidente da Mesa da Secção Regional do Norte da Ordem dos Economistas; CEO Norte da Neves de Almeida| hr Consulting; Partner da Boyden; e, desde Janeiro de 2015, Presidente do Conselho de Administração da 32 Senses Group, SGPS.

 A Queda – As últimas horas de Hitler


Ficha Técnica
Realização: Oliver Hirschbiegel
Argumento: Bernd Eichinger
Ano: 2004
Origem: Alemanha
Dur. 156 min.
M/12
Sinopse: Berlim, 20 de Abril de 1945. Hitler (Bruno Ganz) refugia-se num bunker situado sob a Chancelaria. Na superfície, os constantes bombardeamentos da artilharia russa anunciam a chegada do inimigo. A capital alemã encontra-se reduzida a escombros e os combates de rua iniciam-se. Apesar do esforço dos poucos soldados, ajudados pelas milícias populares (Volkssturm) e por crianças da Juventude Hitleriana, a derrota é inevitável. Baseado nas memórias da secretária de Hitler, Traudl Junge (Alexandra Maria Lara), e no best-seller do historiador Joachim Fest (Inside Hitler’s Bunker: The Last Days of the Third Reich), “A Queda – Hitler e o Fim do Terceiro Reich” reconstrói os últimos 12 dias do ditador.

 

 


Uma iniciativa dos Cursos Profissionais do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco

 No passado dia 20 de fevereiro, os alunos dos cursos profissionais de Técnico de Vendas I Sales Manager e Técnico de Restauração do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco organizaram um jantar temático “Banquete com Camilo”, na Casa de Camilo – Centro de Estudos. A iniciativa teve como principais objetivos a consolidação dos conhecimentos técnicos adquiridos em contexto de sala de aula e o fortalecimento das relações da escola com o tecido empresarial.

Destinado, preferencialmente, às entidades que acolhem alunos em contexto de formação de trabalho (estágios curriculares), os trinta convidados presentes tiveram a oportunidade de experimentar vários pratos com produtos que integravam a preferência gastronómica do escritor Camilo Castelo Branco, numa apresentação reinventada e adaptada.

Durante o serão, que também contou com a participação dos alunos do curso profissional Técnico de Audiovisuais, assistiram-se a vários momentos culturais, nomeadamente, poético musicais, cénicos, num espaço sublime que remeteu ao século XIX.

Os promotores deste evento consideraram que “esta atividade é um veículo para a promoção de experiências de trabalho em contexto real, multidisciplinares e criativas. Os alunos têm aqui uma oportunidade de colocar em prática as competências técnicas adquiridas e, ao mesmo tempo contactar com potenciais futuros empregadores. Esta é uma das essências do ensino profissional. Ao mesmo tempo prestamos homenagem a Camilo, à sua obra e damos a conhecer este excelente espaço famalicense reforçando a identidade do nosso Agrupamento.”

Liliana Cruz

Pensamento da semana

 

“A morte emenda todos os erros da vida”
(In Amor de perdição)

A morte de Patrícia

«Vi hoje nos jornais a notícia da morte de uma D. Patrícia Emília de Barros, de Vila Real. Era mãe de minha filha Amélia. É um, aviso. As personagens da minha comédia vão assim caindo no palco em que eu já mal posso andar. Não me produziu tristeza grande nem profunda saudade.»

Camilo Castelo Branco
(In Carta a Manuel Negrão, de 21-2-1885)

 

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.